Como Turbinar A Memorização Utilizando Ícones Substitutos

Duas setas indicando substituição

Você já ouviu falar sobre ícones substitutos? Sabe a importância deles para a memorização?

Pois neste texto abordaremos o que são ícones substitutos e como eles podem, a partir de agora, ajudar você a turbinar o processo de memorização.

Figura abstrata

Abstrato x Concreto

Inicialmente, é preciso entender a diferença, para o cérebro, entre conceitos abstratos e conceitos concretos.

Basicamente, classifica-se como abstrato todo conceito que só existe no plano das ideias, ao passo que concreto é todo conceito que existe no mundo material, ou seja, que pode ser visto e, na maioria das vezes, tocado.

Como exemplos de algo abstrato, podemos citar os sentimentos (amor, raiva, tristeza), os números (um, dois, três, dez, trinta) e os adjetivos (bom, generosa, competente, bonita, feio).

Por sua vez, são exemplos de coisas concretas os objetos (carro, caneta, casa, chave), os animais (cavalo, vaca, cachorro) e as plantas (árvore, rosa, espinheiro).

E qual a diferença desses dois conceitos para o cérebro e, consequentemente, para a memória?

A diferença, simplesmente, é que o cérebro assimila melhor os conceitos concretos.

Isso se deve especialmente pelo fato de que nós temos maior exposição sensorial aos conceitos concretos.

Quando pensamos em carro, por exemplo, nós imaginamos algo que já vimos, já tocamos, já entramos dentro, já ouvimos seu barulho, já sentimos seu cheiro...

Todas essas experiências tornam o conceito de carro muito mais real do que o conceito de raiva, por exemplo.

Embora os sentimentos envolvam emoções fortes, eles não possuem forma, não podem ser tocados e possuem intensidades diferentes dependendo da situação.

Dito isso, agora poderemos entender melhor a razão de os ícones substitutos serem tão importantes para a memorização.

A Falta De Concentração faz você Perder o Tempo que dedicou aos estudos!

A Solução é Aprender a

Silenciar a Mente e Manter o Foco.

Cadastre-se e receba o e-book gratuito

"Entenda Como Silenciar A Mente E Aprenda A Manter O Foco".

 

 

Uma mensagem de confirmação será enviada para o e-mail preenchido acima. Seguimos nossa Política de Privacidade e garantimos que nunca venderemos, alugaremos, daremos ou divulgaremos o seu endereço de e-mail.

Afinal, o que são ícones substitutos?

Diversos objetos: tesoura, lápis, maça etc.

Ícones Substitutos são termos concretos usados para substituir termos abstratos no processo de memorização.

Conforme já exposto, os termos concretos são mais fáceis de memorizar do que os termos abstratos.

Porém, na prática, nós precisamos memorizar diversos termos abstratos, havendo necessidade de driblarmos essa dificuldade por meio da substituição do abstrato pelo concreto.

Como exemplo de substituição, podemos trocar o termo amor por um coração e o termo paz por uma pombinha branca ou por uma bandeira branca.

Espécies de ícones substitutos

Os ícones substitutos são de duas espécies: simbólicos e fonéticos.

São considerados simbólicos os que representam o termo substituído por meio de uma representação associada à palavra abstrata.

Os exemplos de substituição do termo amor por um coração e da palavra paz por uma pombinha branca se enquadram nessa primeira espécie de ícones substitutos.

Já os ícones substitutos fonéticos são aqueles que se baseiam no som do termo substituído, buscando representá-lo por uma palavra concreta que tenha pelo menos uma parte da pronúncia semelhante.

Nesse caso, podemos substituir, por exemplo, paz por pás (plural de pá) e viagem por vagem.

Nos dois exemplos de substituição por ícones fonéticos, as palavras substitutas são bem semelhantes aos termos substituídos, mas não é necessário que sejam tão parecidas.

O nosso cérebro possui uma grande capacidade de recuperar informações, desde que seja acionado o gatilho de memória certo.

Aplicação dos ícones substitutos

Na prática, os ícones substitutos são utilizados para melhorar a eficiência das técnicas de memorização.

Conforme exposto, o nosso cérebro memoriza melhor conceitos concretos e, por esse motivo, a eficiência das técnicas de memorização ficam comprometidas se utilizarmos conceitos abstratos na sua aplicação.

Assim, antes de utilizar técnicas como a do encadeamento, do palácio da memória, da jornada ou qualquer outra, é imprescindível que se substitua os termos abstratos por termos concretos.

Esperamos que você tenha entendido bem a importância de utilizar os ícones substitutos para turbinar a sua memorização.

Agora, se você quer turbinar ainda mais a sua memorização, conheça o Curso de Memorização que vai mudar a sua forma de estudar e memorizar!

Memorize Agora – Técnicas de Memorização